Imprensa

Londrina – Mantido com a ajuda das Igrejas Presbiterianas Independentes de Londrina, o Lar Maria Tereza Vieira acolhe 56 mulheres. Unicamente feminino, metade das vagas é preenchida pelo convênio com a prefeitura e a outra metade é particular. “Queremos começar a atender homens, a procura sempre é grande, mas para isso precisamos fazer uma reforma. Usamos o recurso do município para pagar os funcionários e através de doações conseguimos suprir as outras necessidades”, conta o presidente João Luis Simoneti.

Leia mais…
Fonte Folha de Londrina

O projeto “Aprimoramento da Linha de Cuidado ao Idoso” busca aperfeiçoar a formação de profissionais da área da saúde na atenção à terceira idade.

Veja o video